PARA DEUS TUDO É POSSÍVEL- Santana do Ipanema - quarta, 13 de dezembro de 2017

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player


  Informação
Assistência Social
Cultura
Curiosidades
Economia
Educação
Entrevistas
Esportes
Geral
Moda & Beleza
Opinião
Polícia
Política
Religião
Saúde
Sexualidade
Turismo
Vídeos
  Especiais
Canal do Sertão
Especiais de Domingo
  Serviço
Documentários
Eventos
Galeria de Fotos
Guia de Negócios
Literatura
Shows e Festas
  Interativo
Fale Conosco
Mural de Recados
Rádio Portal Maltanet
Webmail
 
07/05/2013 - 15h 30min
Canal do Sertão

Unidade irrigada no Canal do Sertão ganha destaque na Revista Rural

Na reportagem de oito páginas, o Canal do Sertão é chamado de ?Canal da Esperança? (foto: Divulgação) (Fotos: Divulgação)
por Diego Barros - Ascom Seagri

Edição de abril mostra imagens de área onde são produzidas forrageiras com água captada no canal

A unidade demonstrativa de forrageiras irrigadas, instalada no Sítio Poços Salgados, zona rural de Olho D?Água do Casado, às margens do Canal do Sertão, foi destaque na edição de abril da Revista Rural, publicação de circulação nacional que mostra iniciativas no setor da agropecuária.

Na reportagem de oito páginas, o Canal do Sertão é chamado de ?Canal da Esperança?. Há depoimentos dos secretários de Estado da Agricultura e do Desenvolvimento Agrário, José Marinho Júnior, da Infraestrutura, Marco Fireman, do agricultor beneficiado pela unidade demonstrativa de produção de forrageiras irrigadas, Cícero de Barros de Souza, e do presidente da Cooperativa de Produção Leiteira de Alagoas (CPLA), Aldemar Monteiro.

?No Sertão devastado pela seca, é a água que determina a sobrevivência dos bichos, das plantas e o sofrimento dos homens. Mas, no Sertão alagoano, para aliviar tanta dor, um pequeno rastro verde corta a paisagem esturricada pelo sol. É o plantio de forrageiras que sobrevivem lá graças às águas que vem do canal de concreto batizado de ?Canal do Serão??, diz a matéria.

Na unidade, instalada pela Seagri na propriedade do agricultor Cícero de Barros de Souza, são cultivados sorgo, capim, cana de açúcar e palma, com a finalidade de produzir silagem para alimentar os animais.

O produtor tinha mais de 40 animais, mas, segundo ele, teve que se desfazer das cabeças por conta da seca, restando apenas nove. Agora, como a produção de alimento está garantida, ele pretende recuperar o rebanho.

Aproveitando a água do Canal do Sertão, ele também possui uma unidade de Produção Agroecológica Integrada e Sustentável (PAIS), onde produz hortaliças e cria galinhas.

De acordo com o secretário José Marinho, o governador Teotonio Vilela já autorizou a instalação de outras 50 unidades de um hectare cada, ao longo do Canal do Sertão, para produção de forrageiras irrigadas em propriedades de agricultores familiares. ?Também vamos instalar uma área de cerca de 50 hectares contínuos para produzir forragens e atender cooperativas e associações da Bacia Leiteira?, frisou.

   Comentários
 
ANDRE LUIZ
segunda, 23 de setembro - 10:19
Excelente trabalho do governo do estado. Tive a honra de conehecer a unidade demosntrativa pessoalmente. É espetacular o projeto.
 
João do Mato
terça, 07 de maio - 16:40
5O ha se bem conduzido dará para sustentar 500 U.A,já é um bom começo.
Nome *
E-mail *
* Campos obrigatórios  
Comentário:

 Caracteres restantes : 1000
CAPTCHA Image
Digite o código de segurança da imagem acima: Obter outra imagem
 
 
© 2001/2017 - Portal Maltanet - Todos os direitos reservados