PARA DEUS TUDO É POSSÍVEL- Santana do Ipanema - domingo, 28 de maio de 2017

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

  Informação
Assistência Social
Cultura
Curiosidades
Economia
Educação
Entrevistas
Esportes
Geral
Moda & Beleza
Opinião
Polícia
Política
Religião
Saúde
Sexualidade
Turismo
Vídeos
  Especiais
Canal do Sertão
Especiais de Domingo
  Serviço
Documentários
Eventos
Galeria de Fotos
Guia de Negócios
Literatura
Shows e Festas
  Interativo
Fale Conosco
Mural de Recados
Rádio Portal Maltanet
Webmail
 
14/03/2010 - 17h 50min
Sexualidade

Sexualidade: Curiosidades sobre o sexo

(Fotos: Ilustração)
www.erosmania.com.br

A pena para a masturbação na Indonésia é a decapitação.

Os extremos: de acordo com o Kinsey Institute, o maior pênis ereto mede 35,75 cm e o menor, 4,81 cm.

Gandhi dormia com mulheres nuas para pôr à prova a sua capacidade de abstinência.

Viva o celibato: os castrados vivem cerca de 13 anos a mais que os homens mais afortunados. E, como grupo, as freiras vivem mais do que todos.

Campeões de audiência: numa tribo da Polinésia, os casais de dezoito anos fazem amor em média três vezes por noite até os trinta anos de idade,quando a média cai para quatorze vezes por semana!

Em sua noite de núpcias com Josefina de Beauharnais, o general francês Napoleão Bonaparte (1769-1821) foi mordido pelo cãozinho deestimação dela, Fortuné. Julgando que sua dona estava sendo "atacada", ocachorrinho pulou na cama e abocanhou a perna esquerda do general.

Para emagrecer: do pré-orgasmo ao clímax, você pode queimar 25.6calorias, mas deve subtrair 5 calorias por cada sêmem ingerido.

A spice girl Victoria Adams confidenciou que seu namorado, o famoso jogador de futebol David Beckhman, gostava de vestir suas calcinhas. Pesquisa mostrou que 1 em cada 7 ingleses tem esse costume. A maioria, no
entanto, disse que não teria coragem de usar calcinhas ao sair de casa. Motivo: medo de sofrer um acidente e terem seu segredo descoberto.

Tamanho é documento: a tribo Caramoja, do nordeste de Uganda, amarra um peso na ponta do pênis para alongá-lo. Às vezes, o membro fica tão comprido que o dono tem que enrolá-lo para cima.

Um homem produz mil espermatozóides por segundo. Já uma mulher nasce com seu estoque definitivo de 400 mil óvulos, perdendo mil a cada menstruação. Numa relação sexual, o homem produz 200 milhões de espermatozóides.

Poções mágicas: o clássico da literatura erótica indiana, O Jardim Perfumado, conta a história de um homem chamado Abou el Keiloukh que ficoucom o pênis ereto durante trinta dias, sem parar, só comendo cebola.

Durante a ejaculação, o esperma viaja a uma velocidade de mais de 10km/h e sai a uma temperatura de 36 graus, os batimentos cardíacos podem ser de até 150 por minuto.

O Kama Sutra diz que "muitos ovos fritos na manteiga e depois mergulhados no mel fazem o membro ficar ereto por uma noite inteira".

Em Cali, na Colômbia, uma mulher só pode ter relações com seu marido,e a primeira vez que isso ocorre, sua mãe deve estar no quarto para testemunhar o ato.

Duro na queda : os aborígenes do deserto Kalahari tem o pênis semi-ereto o tempo todo.

No Líbano, os homens podem legalmente ter relações sexuais com animais, mas têm que ser fêmeas. Relações sexuais com machos são puníveis com a morte.

Mutirão sexual: levando-se em consideração a assiduidade com que os americanos vão para a cama, um casal normal levaria quatro anos para experimentar todas as 529 posições descritas no Kama Sutra.

O orgasmo do porco dura 30 minutos.

No Bahrain, um médico pode legalmente examinar a genitália feminina,mas ele é proibido de olhar diretamente para ela durante o exame. Ele pode apenas olhar através de um espelho.

Louva-deus não pode copular com sua cabeça presa ao corpo. A fêmea arranca a cabeça do macho durante o coito.

Em apenas dez ejaculações o homem produz espermatozóides suficientes para povoar o mundo inteiro.

Em Tremonton, Utah, uma lei proíbe que uma mulher faça sexo com um homem enquanto dirige uma ambulância. Além das penas convencionais, o seu nome será publicado no jornal local. Já o homem não recebe nenhuma punição.

As donas do prazer: segundo o relatório Kinsey, tirando uma meia dúzia de homens que acabaram na emergência de hospitais por terem se animado um pouco além da conta com o aspirador de pó, as mulheres são mais
criativas na prática do prazer solitário e se masturbam com mais freqüência quando estão vivendo um relacionamento estável. As mulheres sabem se excitar melhor e 60% delas alegam que descobriram sozinhas,
contra apenas 25% dos homens.

Os muçulmanos não podem olhar os genitais de um cadáver. Isto também se aplica aos funcionários da funerária. Os órgãos sexuais do defunto devem estar sempre cobertos por um tijolo ou por um pedaço de madeira.

A hora da loba: embora as mulheres fiquem 30% mais ativas sexualmente durante a lua cheia e as americanas prefiram fazer amor às 23 horas, o estrógeno e a testosterona atingem seu pico ao cair da tarde.

Um medo louco: Irma Kutz, especialista em comportamento, diz que os homens temem fracassar na cama, enquanto as mulheres têm medo de não serem amadas.

Antigamente, na Inglaterra, não se podia fazer sexo sem o consentimento do Rei (a não ser que se tratasse de um membro da família real). Quando queriam fazer amor, tinham que pedir para o monarca, que lhes entregava uma placa, que deviam colocar na frente da porta de seu quarto enquanto tivessem relações. A placa dizia "Fornification Under Consent of the King". Essa é a origem da palavra "fuck".

Vapt-vupt : o pessoal da área rural da China não perde tempo com preliminares. Casais alegaram que gastam menos de um minuto com frivolidades.

Beijinho, beijinho: se você adora beijar, temos notícias reveladoras: as lésbicas são as mais beijoqueiras. Noventa e cinco por cento delas não concebem o ato sexual sem muitos beijos. Em segundo lugar vêm os gays, com 71% de adeptos. Em último estão os heterossexuais, com a tenebrosa confissão de que um quarto deles não liga a mínima para beijo.

Dose dupla: em 1609, um médico chamado Wecker encontrou um cadáver com dois pênis. Apenas oitenta casos semelhantes foram documentados.

Oi! Gente! Um homem da tribo dos Walibri cumprimenta um outro com o pênis e não com as mãos.

Gosto não se discute: Eduardo VII, rei da Inglaterra, mandou fazer uma mesa especial para que pudesse fazer sexo sobre ela.

Há homens em Guam cujo emprego em tempo integral é viajar pelo país e desflorar virgens as quais pagam pelo privilégio de ter sexo pela primeira vez. Razão: pelas leis de Guam, são proibidos virgens se casarem.

Era considerado elegante pelas senhoras da aristocracia, usar laçarotes e outros adornos nos pêlos pubianos.

Na Europa do século XIV, era permitido a um nobre deixar o órgão sexual à mostra sob a túnica. Aqueles que não eram muito avantajados podiam usar um pênis falso, de couro, chamado braquete.

Coitus semi-interruptus : um casal está processando a rede de hotéis Holiday Inn em 10 milhões de dólares. Os jovens recém-casados alegam que ficaram sexualmente traumatizados por causa de um funcionário do hotel que,
equivocadamente, entrou no quarto deles interrompendo a primeira noite de lua-de-mel!

Eternamente juntos : o casamento mais longo de que se tem notícia foi do norte-americano Lazarus Rowe e Molly Weber, de Greenland, New Hampshire. Eles viveram juntos oitenta e seis anos. Casaram-se aos 18 anos,
em 1743, e só se separaram quando morreram, aos 104 anos.

Ligações perigosas: pelo menos 500 americanos morrem asfixiados por ano na tentativa de diminuir a oxigenação no cérebro em busca de um orgasmo mais poderoso.

Morte gloriosa: o presidente francês François Faure morreu num bordel, em 1899, durante o ato sexual. A senhora que o acompanhava ficou tão aterrorizada que contraiu a vagina de tal forma que foi preciso uma
cirurgia para remover o membro do falecido.

De camarote por um problema de autoconfiança, quem fica por cima, no ato sexual, se sente mais seguro.

Cultura sexual: a maioria das mulheres orgásmicas não chega ao clímax por meio de penetração.

Apenas 6% das esposas já foram trocadas por outra mulher.

Em Hong Kong, uma mulher traída pode legalmente matar seu marido adúltero, mas deve fazê-lo apenas com suas mãos. Em contrapartida, a amante do marido pode ser morta de qualquer outra maneira.

Mais de três quartos de todos os homens que assinam revistas gays são casados e pais de família.

   Comentários
Nome *
E-mail *
* Campos obrigatórios  
Comentário:

 Caracteres restantes : 1000
CAPTCHA Image
Digite o código de segurança da imagem acima: Obter outra imagem
 
 
© 2001/2017 - Portal Maltanet - Todos os direitos reservados