PARA DEUS TUDO É POSSÍVEL- Santana do Ipanema - segunda, 19 de fevereiro de 2018

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player


  Informação
Assistência Social
Cultura
Curiosidades
Economia
Educação
Entrevistas
Esportes
Geral
Moda & Beleza
Opinião
Polícia
Política
Religião
Saúde
Sexualidade
Turismo
Vídeos
  Especiais
Canal do Sertão
Especiais de Domingo
  Serviço
Documentários
Eventos
Galeria de Fotos
Guia de Negócios
Literatura
Shows e Festas
  Interativo
Fale Conosco
Mural de Recados
Rádio Portal Maltanet
Webmail
 
12/02/2018 - 15h 26min
Geral

Sepultado no Cemitério do Barroso o corpo do poeta, repentista e guardião do Rio Ipanema Ferreirinha

(Fotos: José Malta Fontes e Levy Malta Fontes)
Por José Malta Fontes - Jornalista MTE/AL 1740

Foi sepultado no fim da tarde desta domingo(10) o corpo do cantor, compositor e poeta popular Cícero Ferreira Barbosa, conhecido como “Ferreirinha”.

Ferreirinha foi um dos fundadores da Associação Guardiões do Rio Ipanema (Agripa), criador do hino da instituição denominado de Xote dos Guardiões. Também foi um fiel católico atuando nos corais da paróquia de São Cristóvão. Além de um amante da natureza, pesquisador das plantas medicinais.

O corpo foi velado no Memorial Osacre. Na noite de sábado (09), amigos amantes da seresta se reuniram no velório e fizeram uma serenata em homenagem ao colega.

No domingo o Pe. José Petrônio de Oliveira, pároco da Paróquia de Nossa Senhora do Carmo, Olivença celebrou a missa de corpo presente.

As 16h aconteceu o cortejo fúnebre para o Cemitério São José no Barroso. Antes do sepultamento integrantes da Associação dos Guardiões do Rio Ipanema – AGRIPA prestaram homenagens. O presidente da associação Ariselmo Melo, bastante emocionado falou do trabalho incansável do guardião Ferreirinha que junto com ele foi as escolas falar sobra a AGRIPA e sobre o Rio Ipanema. A guardiã Isabel, filha da saudosa D. Joaninha também falou e disse da dor que os familiares sentem, ela própria disse da saudade que tem da sua mãe outra fervorosa Guardiã D. Joaninha, mas que Deus dará o alento. Com palmas o corpo do Ferreirinha foi sepultado.

   Comentários
Nome *
E-mail *
* Campos obrigatórios  
Comentário:

 Caracteres restantes : 1000
CAPTCHA Image
Digite o código de segurança da imagem acima: Obter outra imagem
 
 
© 2001/2018 - Portal Maltanet - Todos os direitos reservados