PARA DEUS TUDO É POSSÍVEL- Santana do Ipanema - segunda, 19 de fevereiro de 2018

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player


  Informação
Assistência Social
Cultura
Curiosidades
Economia
Educação
Entrevistas
Esportes
Geral
Moda & Beleza
Opinião
Polícia
Política
Religião
Saúde
Sexualidade
Turismo
Vídeos
  Especiais
Canal do Sertão
Especiais de Domingo
  Serviço
Documentários
Eventos
Galeria de Fotos
Guia de Negócios
Literatura
Shows e Festas
  Interativo
Fale Conosco
Mural de Recados
Rádio Portal Maltanet
Webmail
 
02/02/2018 - 17h 30min
Política

Justiça Eleitoral cassa diploma de prefeito e vice em Santana do Ipanema

(Fotos: www.sertaonahora.com.br)
Por Redação com www.sertaonahora.com.br

Uma notícia movimentou as redes sociais de Santana do Ipanema. Na edição desta sexta-feira (02) do Diário Eletrônico da Justiça Eleitoral foi publicada a sentença do juiz Fausto Magno David Alves. Que julgou procedente a Ação de Investigação Judicial Eleitoral, proposta pelo Ministério Público Eleitoral.

Na sentença o magistrado cassou os diplomas do prefeito de Santana do Ipanema, Isnaldo Bulhões Barros e sua respectiva vice, Dra. Christiane Silva Bulhões, ambos do PMDB, além de multa para ambos.

A decisão é de primeira instância, ou seja, os réus podem recorrer da sentença no Tribunal Regional Eleitoral de Alagoas (TRE-AL).

Clique Aqui e veja a publicação do Diário Eletrônico do TRE-AL nas páginas 51 a 60

Defesa afirma que prefeito Isnaldo Bulhões e sua vice não serão afastados do cargo

A defesa do Prefeito de Santana do Ipanema, Isnaldo Bulhões, e de sua vice, Dra. Christiane Bulhões, divulgou uma nota para comunicar que a sentenças publicadas no Diário Eletrônico da Justiça Eleitoral de Alagoas sobre a cassação do diploma, publicada nesta sexta-feira (2), não irão causar o afastamento do chefe do executivo de Santana do Ipanema. Veja a nota na íntegra:

“As sentenças publicadas no Diário Eletrônico da Justiça Eleitoral de Alagoas, na edição desta sexta-feira (02), relativas as Ações Eleitorais (Investigação Judicial, Impugnação de Mandato Eletivo e Representação) propostas pelo Ministério Público Eleitoral e pela coligação adversária, estão sujeitas a recursos para o Tribunal Regional Eleitoral (TER/AL).

Segundo a defesa do Prefeito eleito, as sentenças podem ser revistas pelo TRE-AL, ou mesmo pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), em Brasília, e, até o julgamento final desses recursos, o Prefeito não pode ser afastado.

Na visão da Advogada do Prefeito, Dra. Jamile Coelho, não houve uma análise correta dos argumentos apresentados pela defesa razão pela qual serão interpostos os recursos cabíveis.

Ademais, ela afirma que: “todos os testemunhos e declarações colhidas no processo são contraditórios e não ajudam a tese do Ministério Público e dos adversários, ao revés, ajudam a defesa que sempre afirmou, sem medo de errar, que as ações são infundadas por que inexistiu a distribuição de camisas, compra de voto, bem como qualquer ilegalidade na prestação de contas, esta que fora, inclusive, aprovada pelo TRE/AL.”

Ressalta, por fim, que: “não há, em absoluto, prova de que o Prefeito, e sua vice, teriam praticado, anuído, ou ordenado que alguém realizasse qualquer das práticas narradas pelos Autores das ações, pois as sérias acusações não passaram de uma verdadeira orquestria com vistas a induzir o Judiciário a erro”.

Portanto, a defesa esclarece que o Prefeito, e sua vice, permanecem no cargo até julgamento final de todos os recursos cabíveis, acreditando, obviamente, que a justiça será feita, tudo em prol de prestigiar, por certo, a vontade dos eleitores do município de Santana do Ipanema”.


Fonte: http://sertaonahora.com.br/noticia/22328/defesa-afirma-que-prefeito-isnaldo-bulhoes-e-sua-vice-nao-serao-afastados-do-cargo.htm

   Comentários
Nome *
E-mail *
* Campos obrigatórios  
Comentário:

 Caracteres restantes : 1000
CAPTCHA Image
Digite o código de segurança da imagem acima: Obter outra imagem
 
 
© 2001/2018 - Portal Maltanet - Todos os direitos reservados