PARA DEUS TUDO É POSSÍVEL- Santana do Ipanema - segunda, 19 de fevereiro de 2018

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player


  Informação
Assistência Social
Cultura
Curiosidades
Economia
Educação
Entrevistas
Esportes
Geral
Moda & Beleza
Opinião
Polícia
Política
Religião
Saúde
Sexualidade
Turismo
Vídeos
  Especiais
Canal do Sertão
Especiais de Domingo
  Serviço
Documentários
Eventos
Galeria de Fotos
Guia de Negócios
Literatura
Shows e Festas
  Interativo
Fale Conosco
Mural de Recados
Rádio Portal Maltanet
Webmail
 
19/01/2018 - 09h 40min
Política

Santana integra ao Conisul para economizar na compra de medicamentos

(Fotos: Jean Souza)
Por ASCOM Santana do Ipanema

Município deve ter uma economia global em torno de 30%

Com o objetivo de tirar dúvidas e conhecer um pouco mais sobre a estrutura e funcionamento do Consórcio, o prefeito de Santana do Ipanema, Isnaldo Bulhões, acompanhado da primeira-dama Renilde Bulhões, esteve na última segunda-feira (15), na subsede do Conisul em Maceió, participando de reunião com a presidente, Pauline Pereira e com o superintendente, Pedro Madeiro, além de integrantes das equipes técnicas e administrativas.

O município assinou, no início de janeiro, um convênio para acessar a itens adquiridos por meio da compra compartilhada de medicamentos, itens de saúde bucal, materiais hospitalares, material elétrico e de informática e serviços de média e alta complexidade. “O principal objetivo da vinda dos prefeitos é para tirar dúvidas e ter maior detalhamento sobre os produtos, além de trocar informações sobre gestão municipal”, explica a presidente.

O prefeito ressaltou que um dos principais motivos para a adesão ao Conisul é o custo de manutenção dos insumos da prefeitura que, por meio do consórcio, sai mais barato, o que traz economicidade para o município.

Com a adesão, Santana do Ipanema terá agilidade na compra dos medicamentos de acordo com as necessidades do município.

Os prefeitos têm a expectativa de gerar uma economia global em torno de 30% na compra dos produtos. “Além da compra compartilhada de itens essenciais a gestão pública, o prefeito pode contratar os serviços de média e alta complexidade, como exames, consultas e cirurgias. Atualmente o Conisul possui 45 prestadores de serviços médicos, situados em cidades acessíveis a municípios de todas as regiões do estado. São 19 especialidades e mais de 400 tipos de procedimento”, detalha o superintendente, Pedro Madeiro.

   Comentários
Nome *
E-mail *
* Campos obrigatórios  
Comentário:

 Caracteres restantes : 1000
CAPTCHA Image
Digite o código de segurança da imagem acima: Obter outra imagem
 
 
© 2001/2018 - Portal Maltanet - Todos os direitos reservados