PARA DEUS TUDO É POSSÍVEL- Santana do Ipanema - sexta, 19 de janeiro de 2018

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

ÔĽŅ
  Informação
Assistência Social
Cultura
Curiosidades
Economia
Educação
Entrevistas
Esportes
Geral
Moda & Beleza
Opinião
Polícia
Política
Religião
Saúde
Sexualidade
Turismo
Vídeos
  Especiais
Canal do Sert√£o
Especiais de Domingo
  Serviço
Documentários
Eventos
Galeria de Fotos
Guia de Negócios
Literatura
Shows e Festas
  Interativo
Fale Conosco
Mural de Recados
Rádio Portal Maltanet
Webmail
 
10/01/2018 - 20h 30min
Geral

Governo sanciona lei para concurso p√ļblico da Controladoria-Geral do Estado

Lei que disp√Ķe sobre a cria√ß√£o do quadro permanente da CGE foi publicada nesta quarta-feira (10) (Fotos: Ag√™ncia Alagoas)
Por Livia Leão - Agência Alagoas

Lei n¬ļ 7.972 cria 40 vagas para a carreira de Analista de Controle Interno da CGE

O governador Renan Filho sancionou a lei que cria o quadro permanente e estabelece as normas gerais para a realiza√ß√£o do concurso p√ļblico da Controladoria Geral do Estado (CGE). A Lei n¬ļ 7.972, publicada na edi√ß√£o do Di√°rio Oficial do Estado desta quarta-feira (10), disp√Ķe sobre a cria√ß√£o da carreira de analista de controle interno, com 40 vagas.

De acordo com a publica√ß√£o, para ingresso na carreira de Analista de Controle Interno deve ser feito um concurso p√ļblico de provas ou de provas e t√≠tulos. Os candidatos devem ter n√≠vel superior, com especialidades, sendo ofertadas 10 vagas para Ci√™ncias Cont√°beis, 10 vagas para Direito, 4 vagas para Engenharia Civil, 3 vagas para Ci√™ncias da Computa√ß√£o e 13 vagas para as demais gradua√ß√Ķes.

A jornada de analista de controle interno √© de 40 horas semanais. Os servidores aprovados no concurso p√ļblico dever√£o passar por um curso de capacita√ß√£o promovido pela Escola de Governo de Alagoas.

O concurso p√ļblico ter√° validade m√°xima de dois anos, contados da data de homologa√ß√£o, prorrog√°vel, uma vez, por igual per√≠odo. O prazo de validade do concurso e as condi√ß√Ķes de sua realiza√ß√£o ser√£o fixados em edital.

A carreira de Analista de Controle Interno compreende os servidores que desempenham, no √Ęmbito da Controladoria Geral do Estado (CGE), atividades de an√°lise e controle interno dentro das √°reas de auditoria de gest√£o e obras, contratos, conv√™nios, contas p√ļblicas, controle financeiro, correi√ß√£o administrativa e ouvidoria.

Entre as atribui√ß√Ķes do cargo de analista de controle interno est√£o a promo√ß√£o do controle social a partir da transpar√™ncia da gest√£o p√ļblica, coordenar e executar, no √Ęmbito do Poder Executivo Estadual, as atividades de fiscaliza√ß√£o, al√©m dos resultados da a√ß√£o governamental e da gest√£o dos administradores p√ļblicos estaduais, bem como da aplica√ß√£o de recursos p√ļblicos estaduais, da aplica√ß√£o de recursos p√ļblicos por √≥rg√£os e entidades de direito p√ļblico ou privado ou por pessoas f√≠sicas, sem preju√≠zo de outros controles pertinentes.

Ainda na publicação, estão especificadas as regras e exigências sobre a produção do edital, vagas previstas para pessoas com deficiências e as normas para a o desenvolvimento na carreira de analista de controle interno.

   Comentários
Nome *
E-mail *
* Campos obrigatórios  
Comentário:

 Caracteres restantes : 1000
CAPTCHA Image
Digite o código de segurança da imagem acima: Obter outra imagem
 
 
© 2001/2018 - Portal Maltanet - Todos os direitos reservados