PARA DEUS TUDO É POSSÍVEL- Santana do Ipanema - sábado, 18 de novembro de 2017

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player


  Informação
Assistência Social
Cultura
Curiosidades
Economia
Educação
Entrevistas
Esportes
Geral
Moda & Beleza
Opinião
Polícia
Política
Religião
Saúde
Sexualidade
Turismo
Vídeos
  Especiais
Canal do Sertão
Especiais de Domingo
  Serviço
Documentários
Eventos
Galeria de Fotos
Guia de Negócios
Literatura
Shows e Festas
  Interativo
Fale Conosco
Mural de Recados
Rádio Portal Maltanet
Webmail
 
26/10/2017 - 11h 20min
Saúde

Em Alagoas: partículas radioativas "inteligentes" destroem tumor e reduzem efeitos colaterais

Paciente recebe novo radiofármaco Xofigo na Santa Casa de Maceió (Fotos: Assessoria)
Por Theodomiro Jr. - ASCOM Santa Casa de Maceió

Graças à nanotecnologia, os pesquisadores conseguiram ampliar o conceito de terapia-alvo. Agora, as moléculas de radiofármaco "grudam" nos receptores do tumor despejando doses contínuas de radioatividade com precisão, destruindo as células tumorais, mas preservando as sadias.

Além disso, os pesquisadores conseguiram fazer com que partícula radioativa identifique o alvo. É o caso do Rádio-223, radioisótopo utilizado na Santa Casa de Maceió, também conhecido pelo nome comercial Xofigo.

Por sua posição na Tabela Periódica e características que assemelham-se às do cálcio, as moléculas do Rádio-223 "reconhecem" e atuam em tumores metastáticos ósseos provocados por câncer de próstata em estágio avançado.

"Os tratamentos anteriores traziam efeitos colaterais indesejáveis. Com este novo radiofármaco, utilizado em poucos centros especializados no Brasil, podemos melhorar a qualidade de vida dos nossos pacientes", comentou o médico nuclear André Gustavo Pino, que atua na Medicina Nuclear da Santa Casa de Maceio.

   Comentários
Nome *
E-mail *
* Campos obrigatórios  
Comentário:

 Caracteres restantes : 1000
CAPTCHA Image
Digite o código de segurança da imagem acima: Obter outra imagem
 
 
© 2001/2017 - Portal Maltanet - Todos os direitos reservados