PARA DEUS TUDO É POSSÍVEL- Santana do Ipanema - quinta, 21 de setembro de 2017

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

  Informação
Assistência Social
Cultura
Curiosidades
Economia
Educação
Entrevistas
Esportes
Geral
Moda & Beleza
Opinião
Polícia
Política
Religião
Saúde
Sexualidade
Turismo
Vídeos
  Especiais
Canal do Sertão
Especiais de Domingo
  Serviço
Documentários
Eventos
Galeria de Fotos
Guia de Negócios
Literatura
Shows e Festas
  Interativo
Fale Conosco
Mural de Recados
Rádio Portal Maltanet
Webmail
 
24/04/2017 - 18h 33min
Política

Emancipação Política de Santana é marcada pela entrega de 8,4 mil cisternas ao povo sertanejo

(Fotos: Assessoria)
Por: Redação Sertão na Hora com MDSA

Governador de Alagoas, ministros, deputados, prefeitos e vereadores de Santana e outras cidades sertanejas estiveram na zona rural do município durante esta segunda-feira (24).

O governo federal entregou nesta segunda-feira (24) 8,4 mil cisternas de consumo humano, 1,9 mil tecnologias sociais de acesso à água para produção e 108 cisternas escolares para famílias do sertão alagoano, durante o III Encontro de celebração pública e Intercâmbio de experiências com gestores públicos e beneficiários no âmbito do Programa Cisternas e inclusão produtiva no sertão alagoano. O evento ocorreu no Sítio Riacho Fundo, zona rural do município de Santana do Ipanema (AL).

No total, o Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário (MDSA) já investiu R$ 30 milhões para a construção das tecnologias sociais de acesso à água em Alagoas em parceria com o Consórcio para o Desenvolvimento da Região do Ipanema (Condri) e prefeituras.

De acordo com Osmar Terra, a entrega das cisternas mostra a importância e a prioridade do governo em disponibilizar água potável para famílias atingidas pela seca.

Em 2017, serão investidos R$ 67 milhões para a construção de 17,5 mil cisternas, sendo 15 mil para consumo humano, 2 mil para produção e 500 cisternas escolares no estado de Alagoas. Desse total, R$ 33 milhões foram recursos da repatriação de dinheiro mantido por brasileiros no exterior.



Também participaram do ato de entrega os ministros dos Transportes, Portos e Aviação Civil, Maurício Quintella Lessa, e do Turismo, Marx Beltrão, o governador de Alagoas, Renan Filho, o senador Renan Calheiros, o secretário Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional, Caio Rocha, o prefeito de Santana do Ipanema Isnaldo Bulhões (PMDB), além de prefeitos e vereadores da região.

Números – Em Alagoas, o Programa Cisternas, coordenado pelo MDSA, já entregou 35 mil cisternas para consumo humano. Cada tecnologia foi projetada para suprir necessidades básicas (beber, cozinhar e higiene pessoal) de uma família de até cinco pessoas por oito meses, o período normal de estiagem no Semiárido.

As cisternas transformaram a vida de milhares de mulheres sertanejas. Antes, elas tinham que percorrer, diariamente, quilômetros em busca de água de má qualidade, carregando uma lata de água na cabeça.

O programa também entregou 8.427 tecnologias sociais de acesso à água para produção de alimentos. Além disso, foram entregues 343 cisternas nas escolas que beneficiam 29 mil alunos. A cisterna escolar é construída nos mesmos moldes das cisternas de água para consumo familiar. Feitas com placas de cimento, a cisterna escolar tem capacidade maior de armazenagem (52 mil litros) e pode garantir o acesso à água por oito meses.

   Comentários
Nome *
E-mail *
* Campos obrigatórios  
Comentário:

 Caracteres restantes : 1000
CAPTCHA Image
Digite o código de segurança da imagem acima: Obter outra imagem
 
 
© 2001/2017 - Portal Maltanet - Todos os direitos reservados