PARA DEUS TUDO É POSSÍVEL- Santana do Ipanema - sexta, 24 de novembro de 2017

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player


  Informação
Assistência Social
Cultura
Curiosidades
Economia
Educação
Entrevistas
Esportes
Geral
Moda & Beleza
Opinião
Polícia
Política
Religião
Saúde
Sexualidade
Turismo
Vídeos
  Especiais
Canal do Sertão
Especiais de Domingo
  Serviço
Documentários
Eventos
Galeria de Fotos
Guia de Negócios
Literatura
Shows e Festas
  Interativo
Fale Conosco
Mural de Recados
Rádio Portal Maltanet
Webmail
 
06/09/2015 - 23h 30min
Opinião

Escalador santanense apresenta sua indignação sobre lixo na Furna da Onça

Escalador santanense apresenta sua indignação sobre lixo na Furna da Onça (Fotos: Reprodução Facebook)
Por José Malta Fontes Neto

O escalador Samuel Andrade, líder da Associação de Montanhismo e Escalada de Alagoas apresentou numa rede social a sua indignação com o acumulo de lixo deixado na Forna da Onça que fica localizada na serra do cotovelo final da serra do Poço, município de Santana do Ipanema.

Foram inúmeras latas de cerveja encontradas pelo grupos de escaladores que estavam fazendo atividades naquela serra.

Apresentamos a seguir o vídeo com a indignação do Samuel e também um texto deixado pelo escalador na rede social.

Instale o Flash Player para visualizar este vdeo.



?É simplesmente revoltante ver que a ignorância das pessoas é tamanha a ponto de fazer tanto mal a quem nos dá tudo de graça e não pode se defender, A NATUREZA. Esta não é a primeira vez que nos deparamos com cenas como essas nas trilhas e setores de escalada nas Serras da Camonga, Serra do Cabeça Vermelho e agora na Serra do Poço (Furna da Onça). É um fato que temos uma ideia bastante óbvia de quem são os grupos que fazem esse tipo de idiotice, por vezes nos deparamos com grupinhos de evangélicos ignorantes que sobem ao cume das serras com seus objetivos patéticos, para gritar loucamente na esperança de que um ser imaginário os ouça; há também os grupinhos de pseudo roqueiros que sobem para fazer seus \"luaus\" regados a muito álcool e uma dose extra de irresponsabilidade, pois o local que os mesmos usam para beber fica a apenas poucos metros de um precipício de 40m de altura, e por último alguns trilheiros de moto ou a pé, todos os três grupos agem de maneira irracional e inconsequente ao deixarem sacolas plásticas, embalagens de batatas fritas, copos descartáveis, garrafas peti, latinhas de cerveja, entre inúmeras outras coisas que já encontramos por lá.

A última que me chamou mais atenção foram os restos de uma fogueira repleta de anéis e pedaços de vidro destroçados pelo fogo, isso mesmo anéis. Que tipo de idiota sobe a 610m de altitude pra queimar anéis numa fogueira?

Até onde vai a ignorância das pessoas? O que pretendem com isso?

Não estou supondo nada, eu mesmo já os ví muitas vezes por lá... Inclusive em uma delas enquanto um amigo e eu escalávamos no setor Colmeia na Serra da Camonga, tive que abortar a escalada e subir pela trilha até o cume para lhes pedir que gentilmente parassem de jogar pedras, tendo em vista que uma delas passou a pouco menos de dois metros de mim. Quem são os loucos agora?
Certa vez quando dois amigos e eu escalávamos a via \"Trinta dias sem você\" na Serra do Cabeça Vermelho, ao chegar no local onde deveria estar última parada, simplesmente percebi que a parada havia sido arrancada de lá a pedradas. Restaram apenas pedaços de parabolts retorcidos no lugar.
Ai é me pergunto, é essa a evolução que nossa espécie busca? A ignorância ao destruir aquilo que não conhecemos, apenas por não saber o que é?! É demasiado revoltante e digno de pena ver que a cada copo jogado, a cada saco plástico deixado nas trilhas, a natureza morre... É triste ver que o homem tem levado apenas alguns poucos anos para destruir o que a natureza levou milhões de anos para criar e nos deu de graça.

Vcs deveriam se envergonhar do que fazem, este planeta não é nosso, vocês não podem destruir o que não lhes pertence. Observem a sua volta, observem as plantas, a natureza em si e verás que cada arvorezinha, cada ser por menor que seja tem um importante papel para o equilíbrio da vida neste planeta magnífico; e vcs não podem simplesmente desestabilizar isto, vcs não tem esse direito.
Acordem, a natureza pede socorro, logo não haverá mais um lugar onde vcs possam ir para retirar aquilo que julgam essencial a vida.

O vídeo não está muito bom, mas dá pra compreender... Por alguns instantes eu me enrolei nas palavras com o tamanho do absurdo que presenciei.? (Samuel Andrade)

   Comentários
 
João do Mato
segunda, 07 de setembro - 11:53
O desabafo de Samuel faz sentido.E um alerta para o que pode se transformar esses pontos turísticos,caso uma ação de conscientização não seja implementada urgentemente.
 
Joao-TROÇA Bacurau da Rua NOVA
segunda, 07 de setembro - 07:33
LIXO pode ser coisa BOA, depende! ... \- VARRE meu coração [R Mattos-24 d'IDADE, a Gari GATA Cia LIMP Urb RydJaÑêrU, loira capa "PLAYBOY"] POSES p F Othero: JOATINGA [Juá], Leme, Sta Tereza e Botafogo. ...\-'vou ficar no meio do LIXO pra você me CATAR'\-'como eu gostaria de ser esse LIXO' [E assim p DIANTE, p todos os LADOS] ...\# Sempre gostei de ser FOTOGRAFADA, acho Q deve ter servido como estágio p'ENSAIO....\# A REVISTA viu aí uma chance de mostrar Q'uma mulher d'origem SIMPLES pode SIM se tornar FATAL na capa. [UOL S Paulo QUI 03set15 14h19] _ http://celebridades.uol.com.br/noticias/redacao/2015/09/03/recebemos-cantadas-como-varre-meu-coracao-diz-gari-capa-da-plaboy.htm
Nome *
E-mail *
* Campos obrigatórios  
Comentário:

 Caracteres restantes : 1000
CAPTCHA Image
Digite o código de segurança da imagem acima: Obter outra imagem
 
 
© 2001/2017 - Portal Maltanet - Todos os direitos reservados