PARA DEUS TUDO É POSSÍVEL- Santana do Ipanema - quarta, 24 de maio de 2017

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

  Informação
Assistência Social
Cultura
Curiosidades
Economia
Educação
Entrevistas
Esportes
Geral
Moda & Beleza
Opinião
Polícia
Política
Religião
Saúde
Sexualidade
Turismo
Vídeos
  Especiais
Canal do Sertão
Especiais de Domingo
  Serviço
Documentários
Eventos
Galeria de Fotos
Guia de Negócios
Literatura
Shows e Festas
  Interativo
Fale Conosco
Mural de Recados
Rádio Portal Maltanet
Webmail
 
29/06/2015 - 11h 47min
Opinião

A Turma do BARÃO Pedra 90: entre BACURAU e bacharéis, a busca do Santo GRAAL!

(Fotos: João TNA)
Por João Tertuliano Nepomuceno Agra

... \\\"Lá no passado tem CORSO/ Lança perfume RODORO/ Geladeira KELVINATOR/ Tem rádio com olho mágico/ ABC a voz de OURO
...\\\"Se ouve Carlos GALHARDO/ em audições musicais/ PIANO ao cair da tarde/ CANCIONEIRO de sucesso
...”Tem também Repórter ESSO/ Com notícias ATUAIS.


Nos anos 1940 Seu Darras trouxera mais correios e mais fotografias pra Santana, e Dona Marinita dirigindo o Grupo Escolar Pe Fco Correia. Aí Seu Darras e Dona Marinita inventaram o primogênito NESTOR cineasta, depois e o caçula iconoclasta Zé NETO, um legado de cultura de raiz com bom humor para as futuras gerações da Rainha do Sertão. Apreciadores da simplicidades sempre foram bem acolhidos pelo BARÃO Zé Neto em cumplicidade com as boas músicas populares às mesas mundanas de bares e em terraços domésticos ao redor de jardins irrigados à moda CUBA LIBRE com Montilla ou Bacardi, Coca ou Pepsi nas festas de JUNHO.

Antes da XUXA anos 1980, nos carnavais santanenses, a Turma do BARÃO voltava à infância com os pés metidos em havianas ou xô boi. As cervejas aconteciam em memoráveis carnavais entre a Sede dos ARTISTAS do teatro feijão-com-arroz e as mesas de ping-pong quase tênis de raquetes e bolas. Num desses carnavais, a Turma do BARÃO usou fraldas lambuzadas de abacate sobre calções samba-canção de jogar no IAC - Ipanema Atlético Clube desde 1923. À mão salsichas flutuando sobre cerveja sorvida em pinicos mesmo: Zé Neto e Joãozinho mais Zuza e Jair V8, Zé Gentil e Vivi Alcântara, Lata d\\\'Água e outros que a memória líquida me foge à cabeça.

Em passado recente ao redor de 2012, quando ainda havia festejos JUNINOS em Santana, as conversas regadas a CUBA LIBRE com o BARÃO Zé NETO evitavam a ditadura de Fidel Castro em 1959, e a ditamole militar à brasileira em 1964 encerrada por Sarney em 1985 com Paulo Coelho tomando caipirinha na Academia Brasileira de Letras. Até os anos 1960 dormíamos cedinho sem TVs nem energia elétrica. Antes eram acesas as fogueiras e detonados os sons de FOGOS de artifício entre luzes e cores. O Barão Zé NETO nascera em meio à 2a Doidice Mundial 1939-45, num tempo em que as cobertas garantiam SONO fácil e SONHOS mágicos pra acordar com força e ENERGIA a cada novo dia.

Nascidos nos anos 1950 encontrei Zé NETO aos 10 da excelência em busca da FELICIDADE ... \\\"Sobre uma verde ESMERALDA. Ela [a PEDRA] trazia o desejo do PARAÍSO: era objeto que se chamava o GRAAL!\\\" [_ https://pt.wikipedia.org/wiki/Santo_Graal]. Depois vieram os carnavais do BACURAU da Rua NOVA onde morava meu avô, Pedro AGRA, em segundas núpcias com Dona ANTONIA. Em 1935 Dona JOVITA deixara Seu JUGURTA órfão de meses, aos 11 anos de Seu ALBERTO. Era 10 a idade de Albertina então - Ana e Maria de Lourdes criancinhas na casa d\\\'O Ferrrageiro NEZINHO. À época, antes da proibição das lanças RODORO da Rhodia Brasil pelo almofadinha da vassoura COXINHA paulistano, admirava a cada anos as presepadas da Turma do BARÃO.

E lá se foram os doces vampiros de Rita Lee e os doces bárbaros de Caetano e Gil.

   Comentários
 
João do Mato
terça, 30 de junho - 21:40
Uma retrospectiva sobre a passagem do furacão da tranquilidade e mansidão chamado José Peixoto Noya,O BARÃO em terras das Alagoas.
 
Jose de Melo Carvalho
terça, 30 de junho - 18:51
Parabéns e muito mais João de Seu Alberto. Uma grande volta ao passando com as lembranças do presente. Valeu!
 
Joao-TROÇA Bacurau da Rua NOVA
segunda, 29 de junho - 13:23
O ANO de 2015 marca os 90 ANOS de Da NILZA dsd 29jun1925 d'ACERVO criado em 1948 [Pref J LUCENA M, c Da BERNADETE Pacífico] instalada em 1956 [Pref H CABRAL]. \* NILZA estagiou na Bib NAC RydJANÊRU indicada p correligionário d'irmão cabo eleitoral, Seu ADEILDO.\* E o ANO de 2015 tbém remarca, ARREMATA os 50 ANOS das "Bodas de PRATA" de J MALTA Nt com Da HEMEROTECA arre, MALTA! [discos de vinil e gibis, cordéis e gibãos, CDs e DVDs, pendrives e HDs, a peste!]\*Em 2001: Portal MALTANET d'empresa e ARREDORES das cidades, veículo digital PODEROSO sem mimimis nem PAI-trocínios.\* Em 2005: MURAL de Recados q'às vezes INCOMODA juntando SANTANENSES díspares p'imenso Brasil par a PAR c'@-mundo ÍMPAR 'oddBALL'.\*Em 2006: MÃOS ao bolso INVESTE na tecnologia d'INTERNET via rádio c'a TELECOM, provend' acesso RÁPIDO marrômenU ao Cal CULT Santa 2011-25, Lei Municipal 826/2010 [_ www.maltanet.com.br/noticias/noticia.php?id=212 ]
Nome *
E-mail *
* Campos obrigatórios  
Comentário:

 Caracteres restantes : 1000
CAPTCHA Image
Digite o código de segurança da imagem acima: Obter outra imagem
 
 
© 2001/2017 - Portal Maltanet - Todos os direitos reservados