Santana do Ipanema - quinta, 21 de setembro de 2017
  Literatura
Contos
Crônicas
Destaque Literário
Escritores
Espaço do Leitor
Histórias Engraçadas
Marcas do Passado
Não Tropeçe na Língua
Outras Peças Literárias
Poemas
Poesias
Reflexões
Versos e Prosas

  Informação
Assistência Social
Cultura
Curiosidades
Economia
Educação
Entrevistas
Esportes
Geral
Moda & Beleza
Opinião
Polícia
Política
Religião
Saúde
Sexualidade
Turismo
Vídeos
  Especiais
Canal do Sertão
Especiais de Domingo
  Serviço
Documentários
Eventos
Galeria de Fotos
Guia de Negócios
Literatura
Shows e Festas
  Interativo
Fale Conosco
Mural de Recados
Rádio Portal Maltanet
Webmail
 
Poesias
21/04/2017
RÉQUIEM
Adriano Nunes


Vem, antes que seja
Tarde para mim,

Antes que em mim
Eu mais me ache,
Antes que haja
Apenas eu
Adentro, sem
Chance de haver
Dois ou qualquer
Ilusão de
Múltiplos, antes
Que o ego, cego
De si, persiga
Seu próprio fim,
Antes que vingue
No coração
Essa vontade
De ser só, mesmo
Que sonhos cresçam
No olhar - ainda
Que tudo arda
Além da fala.

Vem, antes que estrelas
Parem de brilhar.
 
 
© 2001/2017 - Portal Maltanet - Todos os direitos reservados