Santana do Ipanema - terÁa, 20 de fevereiro de 2018
ÔĽŅ
  Informação
Assistência Social
Cultura
Curiosidades
Economia
Educação
Entrevistas
Esportes
Geral
Moda & Beleza
Opinião
Polícia
Política
Religião
Saúde
Sexualidade
Turismo
Vídeos
  Especiais
Canal do Sert√£o
Especiais de Domingo
  Serviço
Documentários
Eventos
Galeria de Fotos
Guia de Negócios
Literatura
Shows e Festas
  Interativo
Fale Conosco
Mural de Recados
Rádio Portal Maltanet
Webmail
 
Djalma Carvalho
Conheça o colunista Fale com o colunista
 

05/12/2017
BALNE√ĀRIO CAMBORI√ö E OKTOBERFEST
 
Djalma de Melo Carvalho
Membro da Academia Santanense de Letras, Ciências e Artes.

Nem ao menos acab√°vamos de chegar de viagem a Portugal, j√° est√°vamos em voo Gol para o Rio de Janeiro, com conex√£o para Florian√≥polis, e da√≠, em confort√°vel √īnibus, com destino ao Balne√°rio Cambori√ļ, no litoral norte de Santa Catarina.
Na verdade, o destino final era Blumenau, também em Santa Catarina, onde se realizava a 34ª edição do Oktoberfest, o famoso festival de cerveja à moda alemã que atrai gente do Brasil e do exterior. O maior evento na modalidade na América do Sul.
No período de 5 a 9 de outubro de 2017 lá estivemos acompanhados dos casais Arnóbio/Silvana, Carlos/Sílvia, João/Meire e Sandro/Nara, além do menor Fernandinho e da sua avó materna.
Como do nosso pacote tur√≠stico constavam duas idas aos pavilh√Ķes do festival, optamos por apenas uma ida e volta, logo ap√≥s a realiza√ß√£o do belo desfile de abertura do festival, aplaudido entusiasticamente pelo p√ļblico que lotou a avenida principal de Blumenau. Uma beleza de organiza√ß√£o.
O Oktoberfest se realiza em quatro amplos e climatizados pavilh√Ķes de f√°cil acesso (todos bem sinalizados), cada um com palco pr√≥prio para bandas e shows que se alternam noite adentro. Estrutura e funcionamento sem falhas, a partir de balc√Ķes para venda de cerveja, refrigerantes, comidas e petiscos em geral. Muito chope e muita alegria que empolgam cerca de 30 mil pessoas, muitas das quais com trajes t√≠picos alem√£es.
Permanecemos no Balne√°rio Cambori√ļ por tr√™s dias. Os demais casais ficaram hospedados no Hotel Sagres, enquanto eu e Rosineide ocupamos o Hotel A√ßores, bem pr√≥ximos um do outro e da bela praia do famoso balne√°rio, cuja enseada est√° repleta de arranha-c√©us e de modern√≠ssimas torres. Tamb√©m, de bares e de elegantes restaurantes.
Paralela √† Avenida Atl√Ęntica, e com a mesma extens√£o, acha-se a Avenida Brasil, ou Avenida Central, onde o turista encontra bons hot√©is, shoppings e lojas de importantes marcas.
Tr√Ęnsito disciplinado e seguran√ßa para turistas e habitantes do lugar. Na cidade, segundo os guias de turismo, n√£o h√° registro de roubos e assaltos.
A popula√ß√£o atual do Balne√°rio Cambori√ļ √© de cerca de 130 mil habitantes, n√ļmero que chega a 500 mil nas noites de r√©veillon, capacidade do balne√°rio tal a sua estrutura ocupacional de casas, edif√≠cios e hot√©is.
Recanto, afinal, encantador e convidativo. Preferência de veraneio de endinheirados brasileiros, à semelhança do balneário Punta Del Leste, na costa do Uruguai.
Maceió, outubro de 2017.



Últimas publicações
- O LIVRO DO GUERREIRO
- O SILÊNCIO DE OSCAR
- MODA FEMININA EM SANTANA
Colunistas
Antonio Machado
CENTEN√ĀRIO DE CARTOLA
Archimedes Marques
DELEGADO ARCHIMEDES CONTRA O MATA SETE
Augusto Ferreira
Solidariedade começa com pequenos gestos
Carlindo de Lira
INTERIORIZAÇÃO versus METROPOLIZAÇÃO
Carlito Lima
SOCORRINHO
Cicero de Souza Sobrinho (Prof. Juca)
Fabulosa
Clerisvaldo B. Chagas
Resposta Benigna a Machado
Djalma Carvalho
O LIVRO DO GUERREIRO
F√°bio Campos
CINZA: COR OU ELEMENTO QU√ćMICO?
Jo√£o do Mato
O QUE √Č UM PROBLEM√ÉO PODE TORNAR-SE UMA SOLU√á√ÉO
Joaquim José Oliveira Chagas
RETALHOS DE UM PA√ćS
José Ailson Ferreira Leite
TECLADISTA, PIANISTA E ORGANISTA - PARTE I - O PIANISTA
Jos√© Ant√īnio (Toninho)
Cirurgiões-dentistas ganham autorização para solicitar exames complementares
José Avelar Alécio
ENSINO PÚBLICO DE ALAGOAS x ENEM
José de Melo Carvalho
AFONSO ALECIO GOMES, UM BANC√ĀRIO EXEMPLAR
José Malta Fontes
N√Ē PEDROSA
José Vaneir Soares Vieira
VIII - A TERRA E O C√ČU FUGIRAM DE DEUS - i
Luciene Amaral da Silva
BRAÇOS DE MÃE
Manoel Augusto
Jogos de azar !!!???
Maria L√ļcia Nobre dos Santos
RIO BALDO
Marta Alves Lemos
Acione o limpador
Paiva Netto
Reflex√£o de Boa Vontade Exaltar a face cordial da Economia
Pe. José Neto de França
VOCE SE CONSIDERA UMA PESSOA MEDROSA?
Pedro Cardoso Costa
ABRAÇO DE AFOGADOS
Rogivaldo Chagas
A NATUREZA DAS ESCOLHAS
Sibele Arroxellas
TAMBORIM

Últimas Atualizações
CINZA: COR OU ELEMENTO QU√ćMICO?
Reflex√£o de Boa Vontade Exaltar a face cordial da Economia
BRAÇOS DE MÃE
 
© 2001/2018 - Portal Maltanet - Todos os direitos reservados